Sergipe é o 7º estado com maior índice de analfabetismo

O Anuário Estatístico de Sergipe mostrou que o estado tinha a 7ª maior taxa de analfabetismo do Brasil em 2015. O índice era de 15,6%, o que representa 268.725 pessoas com idades a partir de 15 anos, que não sabem ler ou escrever.

Em 2013, a taxa de analfabetismo era de 16,9%, já em 2014, subiu para 17,1%, em 2015 voltou a cair. Nesse ano, o quadro só era mais grave nos seguintes estados: Alagoas, com taxa de 20%, Maranhão (18,8%), Piauí (18,2%), Paraíba (17,1%), Ceará (17,3%) e Rio Grande do Norte (15,8%).

O Anuário também mostra que a taxa de abandono por etapa de ensino em Sergipe era de 4,3% para classes de alunos de 8 e 9 anos em 2015. Já em relação aos do ensino médio, o índice chegava a 13,4%.

A Secretaria de Estado da Educação (SEED) informou, em nota, que está aguardando a Secretaria de Estado do Planejamento Orçamento e Gestão (Seplag), responsável pelo Anuário, informar quais foram os índices utilizados na pesquisa. "Se é por faixa etária, se é pelo IDEB, IDH, entre outros", diz a SEED. A secretaria também reforça que "há uma gama de ações em andamento para diminuir o analbetismo".

O Anuário

O Anuário é dividido em cinco seções: caracterização do território, demografia, qualidade de vida, infraestrutura e economia. São ao todo 189 indicadores que contemplam os dados mais recentes divulgados por instituições públicas e privadas de Sergipe e do Brasil.

As informações da 26ª edição do Anuário Estatístico de Sergipe 2017 estão disponibilizadas no site do Observatório de Sergipe para visualização e download.

Por: Portal Infonet
Com informações da Seplag