Cencosud, proprietário do GBarbosa, pode deixar Brasil

Segundo apuração feita pelo jornal Valor Econômico, o futuro da operação do grupo varejista Cencosud no Brasil é incerto. A companhia chilena é dona de redes de supermercados como GBarbosa, rede fundada em Sergipe em 1955.

O jornal apurou que existem discordâncias entre a linha de frente da companhia e o controlador, o alemão naturalizado chileno Horst Paulmann, sobre a venda do negócio no Brasil.

O presidente do grupo, Jaime Soler, defende a saída da empresa do país por acreditar que o negócio não possui perspectiva de recuperação dos investimentos a curto e médio prazos.

Paulmann, fundador da empresa chegou a sondar o mercado em 2015 para verificar potenciais interessados no negócio, mas é contra a venda da operação, apurou o Valor.

Além da rede GBarbosa, a empresa também é dona da Prezunic, no Rio de Janeiro, da mineira Bretas e das baianas Mercantil Rodrigues e Perini.

O futuro da Cencosud no país tem sido objeto de conversas entre executivos do setor de supermercados nas últimas semanas.

Em 2015, a hipótese de venda chegou a ser analisada, mas com a perda no valor da operação, e em meio à recessão econômica, o plano não avançou.

Ainda segundo o jornal Valor Econômico, a companhia nega que planeja sair do país. Sobre a existência de discordâncias no comando, a empresa preferiu não se manifestar.

A assessoria do G Barbosa informou ao JORNAL DA CIDADE que não vai comentar sobre o tema.

Fonte: Valor Econômico