.

Governo e Senado em Sergipe: convenções podem não dizer a verdade

O jogo eleitoral em Sergipe promete fortes emoções no decorrer da campanha eleitoral, principalmente entre políticos que pretendem fazer bem diferente do que vinherem a assinar e encaminar à Justiça Eleitoral.

NE Notícias apurou que líderes políticos já começaram a prometer, nos bastidores, que farão diferente do que disserem as convenções.

Isso vale para o governo e o Senado.

As mais fortes emoções das revelações podem ocorrer nas campanhas de Eduardo Amorim (PSDB), Belivaldo Chagas (PSD) e Valadares Filho (PSB), para o governo, e Jackson Barreto (MDB), André Moura (PSC) e Heleno Silva (PRB), para o Senado.

Se tiver a aprovação da Justiça Eleitoral para disputar a eleição para o Senado, Rogério Carvalho (PT) não apoiará Jackson, embora estejam no mesmo grupo.

A decisão já foi tomada, embora todos neguem e as convenções do grupo ajudarão a esconder a verdade.

Fonte: NE Noticias