.

Lesões, suspensões e opções táticas: as mudanças do Confiança na Série C

Durante o Campeonato Brasileiro da Série C o Confiança teve que mudar. Ora por lesão, ora por suspensão. Ou também por alguma questão tática. Aquele grupo que deu certo no começo da competição já não estava mais "encaixando", o que pode ter sido um dos fatores para os oito jogos sem vitória, segundo o técnico do Dragão.

- Realmente com aquela parada do estadual nós conseguimos dar uma entrosada muito grande e eu vinha variando o primeiro volante entre Flávio e Diogo. E tivemos também um grande entrosamento que nos deu bons resultados no início da Série C com o Raí, o Villa, o Everton e o Léo, com muita mobilidade, com um dinamismo muito bom. E isso fluiu até um certo momento, depois daquela vitória contra o Remo não conseguimos mais repetir isso. Fomos então criando outras situações - explicou o treinador Luizinho Lopes em entrevista à Rádio CBN Aracaju.

Analisando os seis empates seguidos e as duas derrotas nos jogos mais recentes, Luizinho Lopes citou que arriscou muito em algumas partidas, tudo isso tentando acertar, na busca por uma vitória para a equipe engrenar novamente na Série C. De qualquer forma, os outros jogos ajudaram e o Confiança permaneceu no G-4. Mas agora qualquer deslize pode complicar o time proletário, que está a um ponto do quinto colocado e a três do primeiro da zona de rebaixamento.

- Em alguns momentos até conseguimos fazer bons jogos, mas a vitória não veio. Tivemos aqueles jogos que terminaram empatados. Jogando fora de casa nosso time sempre era difícil de ser batido, jogava bem, porém a falta de vitórias fez a gente tentar criar situações diferentes. O torcedor às vezes acha que a gente não está mudando a equipe, mas a gente fez uma mudança tática muito grande. Eu arrisquei demais ao jogar com "dois 9", com uma segunda linha muito ofensiva. Por isso eu assumo a responsabilidade dos momentos que não deram certo. Até porque mudamos taticamente. O torcedor às vezes quer que a gente mude uma peça, mas às vezes ele não entende que você mudou circunstancialmente a forma de jogar - afirmou Luizinho Lopes à CBN Aracaju.

A nova chance de voltar a vencer será neste domingo, às 19 horas, quando o Dragão recebe o Remo na Arena Batistão. A partida é válida pela décima quinta rodada do Grupo A do Brasileiro Série C.

Fonte: Globo Esporte / SE