Adesivo para tratamento de Alzheimer já está disponível em Sergipe

O adesivo transdérmico de rivastigmina, medicação utilizada para o tratamento do Alzheimer, já está disponível para os pacientes de Sergipe.

De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (SES), até o momento, três pacientes fizeram a solicitação do medicamento. Dois deles já obtiveram e o terceiro paciente deverá receber, em breve, o adesivo transdérmico.

A SES informou que para receber o medicamento, o paciente deve se cadastrar no Centro de Atenção à Saúde de Sergipe (Case) e apresentar os exames e documentos obrigatórios. O adesivo é enviado pelo Ministério da Saúde ao Case, que faz o repasse ao paciente. O Case funciona diariamente da  6h30 às 17h e os telefones para contato são (79) 3234-3402, 3234- 3404 ou 3234-3410.

A rivastigmina antes era disponibilizada somente nos formatos de comprimido e solução oral. Com a versão em adesivo, os efeitos colaterais, sobretudo aqueles no sistema digestivo, são reduzidos. Como o adesivo é fixado na pele, não há mais o risco de os pacientes se recusarem a tomar o remédio ou tirá-los da boca de maneira proposital.

Alzheimer

A doença provoca uma deterioração progressiva e irreversível de diversas funções cognitivas (memória, atenção, concentração, linguagem, pensamento). Esta deterioração tem como consequências alterações no comportamento, na personalidade e na capacidade funcional da pessoa, dificultando a realização das suas atividades de vida diária.

Fonte: Agência Brasil / Portal Infonet