Azulinos desembarcam em Aracaju felizes e com "bagagem mais leve" após goleada

A viagem foi longa, mas proveitosa. O Confiança chegou em Aracaju no final da tarde desta segunda-feira após golear o Atlético-AC. Os azulinos desembarcaram na capital sergipana felizes e com a "bagagem mais leve". Para o técnico Betinho, a vitória tirou um peso enorme, o de cair para a Série D.

- Era um peso, uma carga grande (a ameaça do rebaixamento). Mesmo que eu tenha chegado agora, mas você acaba se envolvendo. O acesso que nós tivemos poderia estar caindo na minha mão, então quer queira ou não tudo isso passa na cabeça, mas eu vim muito confiante, sabia do potencial desse grupo. Fizemos uma semana excepcional, trabalhamos muito para esse jogo e aconteceu exatamente o que nós fizemos em uma semana durante noventa minutos, né? Marcação forte, jogamos, criamos e vencemos - afirmou o treinador do Dragão.

A vitória garantiu a permanência do Dragão na Série C e levou o time azulino à quinta colocação no Grupo A. O time acreano estava invicto em casa (7 vitórias e 1 empate) e o Confiança conseguiu vencê-lo no Florestão por 3 a 0, dois de Léo Ceará. Mas, para classificar, a missão do Dragão não é fácil. Apesar disso, Betinho tem esperança de que tudo pode acontecer na última rodada da fase de grupos do Brasileiro que será no próximo sábado, às 19h30.

Estou esperançoso, sem dúvidas. Até porque o Juazeirense joga a vida dele. O Globo também, então não vai ser um jogo fácil, mas nós vamos de novo, em uma semana um pouco mais curta, trabalhar em busca dessa diferença de gols. Vamos ver o que Deus nos reserva, ao final dos noventa minutos, mas acreditamos sim porque ainda há esperança.

- Foi uma semana diferente da que eu tive contra o Santa Cruz. Tive uma semana inteira e fiz cobranças aos jogadores, falei que seria o jogo da nossa vida e se não fosse uma semana de muita entrega, dedicação, a gente não venceria o time do Atlético-AC. Tínhamos que ser mais em tudo. Mais determinados, mais fortes, mais concentrados, mais competentes. E isso tudo treinamos durante a semana. É lógico que, se os atletas não tivessem aceitado, nada teria acontecido no domingo - finalizou Betinho.

Fonte: Globo Esporte / SE