Por mensagem, marido convida amigo para churrasco após matar esposa

Por meio de mensagens, Marcelo Kroin, de 38 anos, preso suspeito de matar a mulher grávida, convidou um amigo para um churrasco depois de cometer o assassinato na cidade de Jaraguá do Sul, em Santa Catarina. De acordo com informações do G1, ele conversou pelo WhatsApp entre 10h e 18h no dia do crime, no início de agosto.

Marcelo relatou ao amigo que estava "encrencado" e o chamou para "assar uma carne". "Briga com a mulher e tu nem imagina a merda que fiz", escreveu. O conteúdo foi obtido pela Justiça para a investigação. O suspeito de cometer o crime também enviou áudios e mensagens, que ainda não foram divulgadas.

Andreia Campos Araújo, de 29 anos, estava grávida de três meses e teve o corpo encontrado enrolado em um cobertor dentro de um carro. Vizinhos entraram em contato com a Polícia Militar após suspeitarem de um homicídio. A família da vítima relatou que o casal morava junto há cerca de três anos.

Marcelo Kroin relatou a policiais que deu um soco em Andreia durante uma briga e que ela morreu depois de bater a cabeça no chão. Ele tem passagens criminais por violência doméstica e agressão e foi preso em flagrante no local.

Fonte: Bahia Noticias