Seca: sobe para 14 o número de municípios sergipanos em situação de emergência

A Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec), ligada ao Ministério da Integração Nacional, reconheceu a situação de emergência em mais dois municípios sergipanos, com isso, subiu para 14 o número de cidades no estado em situação de crise devido à estiagem. Entraram na lista os municípios de São Miguel do Aleixo e Nossa Senhora de Lourdes.

A medida permitirá que as prefeituras solicitem apoio federal para ações de socorro e assistência à população e para o restabelecimento de serviços essenciais, como o abastecimento de água.

Os reconhecimentos têm vigência por 180 dias, mas pode ser prorrogada.

A Defesa Civil Estadual intensificou a operação carro-pipa para a distribuição de água nos municípios, que já sofrem os efeitos da seca na agricultura, principalmente na produção de milho e feijão.

A previsão é de que a seca continue durante o segundo semestre deste ano.

Perdas

Além da situação das populações desses municípios, a seca tem afetado em potencial a agricultura com um prejuízo estimado em R$ 78 milhões, além de R$ 204 milhões que deixarão de ser movimentados na economia do estado.

Os efeitos têm sido sentidos, principalmente nas safras de milho, que tiveram uma queda de 50% da produção neste ano.

Fonte: Jornal da Cidade