Seis casos suspeitos de sarampo em Sergipe estão em teste na Fiocruz

A Vigilância Sanitária de Sergipe enviou, nesta semana, seis amostras de exames com suspeitas de sarampo para a instituição de pesquisa e desenvolvimento em ciências biológicas Fiocruz, no Rio de Janeiro. Esse é um procedimento padrão para atestar a presença do vírus nos casos em investigação. As seis amostras são de pessoas que apresentaram os sintomas da doença nas últimas semanas. A instituição carioca deve informar os resultados dos exames na próxima semana.

Em Sergipe, segundo a coordenadora do Núcleo de Vigilância Epidemiológica, Mércia Feitoza, são realizados os exames de sorologia. “Quando há sinalizações da presença do vírus, nós encaminhamos as amostras para confirmação na Fiocruz. Lá eles fazem um exame chamado PCR, que é específico para verificar e atestar o vírus”, explicou.

O caso mais recente que está sob suspeita é de um familiar do jornalista Victor Amaral, que esteve recentemente no estado do Amazonas – área que vem sofrendo com a infestação da doença. Durante o velório do jornalista, na semana passada, o familiar teve contato com outras pessoas – o que gerou um alerta de vacinação da Secretaria Municipal da Saúde (SMS). De acordo com Mércia, casos como o desse familiar, que teve contato direto com regiões infestadas, tem mais propensão para que seja confirmada a doença.

Todos os casos suspeitos estão em tratamentos clínico e aguardando a confirmação das amostras da Fiocruz.

Fonte: Portal Infonet