Inquérito que apura se mãe teria cegado os filhos para obter benefícios do INSS deve ficar pronto na próxima quinta-feira

O inquérito que apura as suspeitas de que uma mãe teria provocado a cegueira dos três filhos para conseguir receber benefícios previdenciários deve ser concluído na próxima quinta-feira (6). A informação confirmada pela delegada Josefa Valéria Andrade, delegada do Departamento de Atendimento a Grupos Vulneráveis (DAGV) da cidade de Itabaiana (SE).

Segundo ela, as investigações continuam e nesta sexta-feira (31) a mulher foi transferida da delegacia onde estava presa desde a última quarta-feira para uma outra unidade, onde vai permanecer detida.

A delegada disse também que uma das crianças, de 2 anos, permanece internada sob avaliação médica, para ver se o caso dela é reversível. Na próxima semana, as crianças devem passar por um exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML), em Aracaju.

Ainda de acordo com a delegada, a mulher vai ser indiciada por lesão corporal gravíssima. Ela pede que quem tiver qualquer informação que possa ajudar a investigação colabore ligando para o Disque-Denúncia pelo número 181.

Futuro incerto

A juíza da Vara da Infância e Juventude de Itabaiana é quem vai decidir o destino das crianças, se elas vão ficar com parentes ou se serão levadas para abrigos.

O Conselho Tutelar de Itabaiana acompanha o caso e já pediu medida protetiva para que a mãe não possa se aproximar mais das crianças.

Fonte: G1/SE