Polícia Civil prende homicida momentos após crime em Estância

A Polícia Civil concluiu as investigações sobre o homicídio que vitimou João Santos Silva, de 31 anos, cometido durante a manhã da sexta-feira, 7, no Bairro Cidade Nova, no município de Estância. O autor do crime foi identificado como Diego Oliveira Santos, 22 anos, e foi preso momentos após a ação criminosa.

De acordo com o delegado Allan Faustino, no início da manhã do sábado, João Santos Silva caminhava por uma avenida da cidade quando Diego chegou até o local, se aproximou e atingiu João com golpes de faca. Devido à gravidade dos ferimentos, a vítima morreu no local.

As equipes policiais foram acionadas e conseguiram obter imagens das câmeras de segurança de estabelecimentos comerciais próximos ao local do crime. Após investigações e buscas, Diego foi identificado como autor do crime, sendo preso em seguida. Com ele também foram apreendidos o boné e a camisa que utilizou no momento do crime.

Na delegacia, Diego foi autuado em flagrante pela prática de homicídio e confessou o crime, afirmando que fez isso por acreditar que João Santos seria o irmão de uma pessoa que supostamente teria furtado a motocicleta dele durante a madrugada. O acusado foi encaminhado a uma unidade policial da capital.

Ainda de acordo com o delegado, também foi identificado Alan Clementino Conceição dos Santos, ele foi apontado como o homem que levou Diego ao local do crime e que deu fuga ao acusado logo após a ação criminosa. A motocicleta foi localizada no Bairro Botequim e as buscas continuam para chegar ao segundo envolvido no homicídio.

“Toda a equipe está centrada na elucidação de crimes, principalmente os mais violentos, a fim de que outras ações criminosas não venham a ocorrer na cidade e em todo o estado. A nossa busca é por 100% na elucidação dos homicídios e latrocínios", afirmou o delegado Allan Faustino.

Fonte: SSP-SE