Pai e filho morrem em confronto com a polícia no sertão sergipano

Pai e filho morreram durante uma ação policial no povoado Pelado, próximo ao município de Canindé do São Francisco, na manhã desta sexta-feira, 30. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP/SE), Adeildo Porfírio da Silva, 62 anos, e Carlos Daniel Ferreira da Silva, 26, eram alvos de mandados de prisões expedidos pelas Justiças de Pernambuco e Alagoas, e teriam reagido a abordagem policial com tiros. Eles são acusados de diversos homicídios, incluindo casos entre a divisa dos estados de Sergipe e Bahia.

A ação foi coordenada pelo delegado Fábio Santana, recentemente deslocado para combater o crime na região limítrofe de Sergipe. Conforme a SSP, policiais civis de Canindé de São Francisco e Poço Redondo estivaram envolvidos na operação. Com os acusados, a polícia apreendeu duas espingardas, 29 munições e quatro cartuchos de calibres 28 e 36.

Ainda de acordo com a cúpula da Segurança Pública, os acusados chegaram a ser socorridos pelos policiais, mas não resistiram aos ferimentos.

Um dos crimes nos quais os suspeitos estão envolvidos é o da morte do outro filho de Adeildo, Genivaldo Porfírio da Silva, 21 anos, irmão de Carlos de Daniel. O fato aconteceu em setembro de 2016, em um bar na Zona Rural de Itaíba, no Distrito de Negras, em Pernambuco. O motivo da discussão teria sido uma motocicleta.

Por: Portal Infonet 
Com informações da SSP/SE