Sobe para 21 o número de cidades sergipanas em situação de emergência

Subiu para 21 o número de municípios sergipanos em situação de emergência por conta da seca. Recentemente, as cidades de Feira Nova, Moita Bonita, São Miguel do Aleixo e Porto da Folha integraram o rol, por prejuízos que a estiagem trouxe na agricultura e pecuária, além  da escassez de água para consumo humano.

A Defesa Civil de Sergipe concede apoio às cidades por meio de caminhões-pipa, que levam água potável para as populações que sofrem com a seca. Já estavam com o alerta decretado anteriormente Carira, Tobias Barreto, Poço Redondo, Gararu, Monte Alegre, Canindé de São Francisco, Frei Paulo, Ribeirópolis, Porto da Folha, Nossa Senhora de Lourdes, Itabi, Simão Dias, Poço Verde, Pinhão, Nossa Senhora da Glória, Graccho Cardoso, Nossa Senhora Aparecida e Canhoba.

De todas as 21 cidades, apenas Moita Bonita tem a homologação do decreto pendente em nível estadual. O coronel Alexandre José Alves, diretor da Defesa Civil Estadual, explicou os processos burocráticos para que as cidades sejam apoiadas após pedir apoio. “Cada uma tem a autonomia de decretar situação de emergência. Para que tenha efeitos legais na busca por apoio de outros entes governamentais, neste caso, Governo do Estado e Governo Federal, é preciso passar pela Defesa Civil, que atesta o panorama e homologa. A nível estadual, o Governo emite um decreto. A nível federal, uma portaria. Depois disso, os dois investem no município para amenizar ou até solucionar os efeitos”, disse o coronel.

Através da Operação Pipa, coordenada pelo Exército Brasileiro e Governo Federal, os municípios recebem, também com apoio do Governo do Estado, caminhões contratados para levar água. Há também outros tipos de apoio para quem é prejudicado pela estiagem, como o refinanciamento de dívidas de agricultores pelos bancos.

Das 21 cidades, nove delas não recebem apoio de carros-pipa, já que o consumo de água potável nessas regiões é possibilitado pela distribuição de água encanada. Os municípios que recebem caminhões com distribuição de água são Canindé de São Francisco, Carica, Frei Paulo, Gararu, Monte Alegre, Nossa Senhora Aparecida, Nossa Senhora da Glória, Pinhão, Poço Redondo, Poço Verde, Porto da Folha e Tobias Barreto.

Fonte: Portal Infonet