.

Ex-jogador do Sergipe, Mastrillo Veiga retorna ao estado agora como treinador do Olímpico

Mastrillo Veiga foi anunciado pelo Olímpico no final de novembro deste ano, mas ele não é novato no estado. Ele já esteve aqui quando ainda era jogador. O técnico do Dragão da Zona Sul foi atleta do Sergipe na década de 1980, ou melhor, foi no alvirrubro que ele começou a carreira como profissional. Mastrillo também conta que tem parentes na capital sergipana. Inclusive veio com o primo à sede da TV Sergipe para conceder entrevista ao Globo Esporte SE.

- Eu estive aqui no início da minha carreira como jogador vindo emprestado pelo Vitória ao Sergipe. Tudo o que eu conquistei como atleta eu devo muito ao Sergipe, que foi o meu primeiro clube profissional. Eu me profissionalizei no Sergipe. Já tinha trabalhado na Bahia, Alagoas, Rio Grande do Norte e outros estados como treinador. E foi uma vontade muito grande para trabalhar aqui até porque eu tenho familiares em Aracaju. A gente espera que se Deus quiser fazer um grande trabalho a frente do Olímpico. Sabemos que a competição é difícil, mas estamos muito unidos e com um planejamento muito forte - comentou o técnico do Olímpico.

Mastrillo tem 52 anos, é baiano de Salvador e iniciou a carreira de treinador em 2011. Ele passou por vários clubes da região Nordeste como: Limoeiro, Imperatriz, Maranguape, Potiguar, Atlético-BA, Maracanã, Icasa e Pacajus. Como jogador, encerrou a carreira em 2002, passando por vários clubes importantes. Começou no Vitória, jogou no Ceará, Juventude, Athletico Paranaense, entre outros. Inclusive, teve uma passagem pelo Sergipe em 1987.

- Eu sou um treinador que valorizo minhas equipes com posse de bola e um bom posicionamento. Vai depender muito das peças. Procuro jogar sempre em cima do adversário e com triangulações. Até porque você só ganha se fizer gols. Apesar de ter sido volante, eu sempre busquei jogar para frente e gosto que minhas equipes joguem bem. Porém dentro das condições do jogo é preciso saber marcar, ter um bom posicionamento defensivo. Se você se defender bem e sair com velocidade pode surpreender muitos adversários. Vamos trabalhar dentro daquilo que temos do grupo. O grupo está sendo bem montado - afirmou Mastrillo Veiga.

Recentemente, o meia Lelê foi anunciado como jogador do Itabaiana, mas ele já havia sido confirmado pelo Olímpico de Itabaianinha. O presidente do clube, Fabrício Varjão, falou sobre o "chapéu" e o treinador também foi questionado por essa situação e possíveis reforços.

- Tinha informações muito boas do Lelê, mas como ele já está lá precisamos buscar outros nomes. Tem um meia que está para chegar de muita qualidade. A gente tem de procurar jogadores com perfil que se adequem bem ao Olímpico e ao meu planejamento de trabalho. Precisamos ter calma. Se precisarmos de mais contratações vamos buscar no futebol sergipano. Sou um treinador que gosto de valorizar a prata da casa. Se aqui tem bons jogadores não precisamos buscar fora - disse o técnico do Dragão da Zona Sul.

A apresentação oficial do elenco do Dragão da Zona Sul acontece nesta segunda-feira. O time estreia no Campeonato Sergipano fora de casa, no dia 13 de janeiro, contra o Lagarto, na cidade de Pedrinhas. Antes disso, ele pretende fazer alguns testes com o elenco.

- No meu planejamento, vou fazer três amistosos, um deles pode ser contra o Atlético de Alagoinhas. Dentro deles vamos conhecendo bem os atletas. Eu quero combates contra equipes fortes, de preferência de outros estados porque precisamos ser inteligentes contra as equipes daqui. Começaremos a pré-temporada a partir desta segunda, às 9h30, com foco total. Estamos com 98% dos jogadores contratados, sendo a maioria deles sergipanos, até porque conhecem o próprio campeonato. Eu conheço alguns atletas, pois já trabalharam comigo, e dos outros as informações que eu tenho são muito boas. Esperamos nos preparar bem para fazermos uma boa competição e consequentemente buscar vitórias e conquistas - finalizou Mastrillo Veiga.

Elenco do Olímpico até o momento

Goleiros: Thyago e Neto
Zagueiros: Diego Felipe, Emerson, Wellerson e Wesley Lelo
Laterais: Matheus Carioca (D) e Pedrinho (E)
Meias: Piau, Rafael Simi, Adriano Riachão, Willian e Carlinhos Arauá
Atacantes: Fabinho Cambalhota e Amauri

Fonte: Globo Esporte