.

Huse constata mais um caso de calazar em criança

Mais um paciente foi diagnosticado com calazar em Sergipe. O paciente é uma criança e está internada no setor de pediatria do Hospital de Urgência de Sergipe (Huse), cuja doença foi diagnosticada no dia 2 deste mês, conforme informações do superintendente do hospital, Darcy Tavares. A Leishmaniose Visceral, conhecida popularmente como calazar, é transmitida ao humano pela picada de mosquito-palha, o parasita Leishmania, infectado. Os cães são os principais hospedeiros deste mosquito.

No ano passado, houve 44 casos confirmados entre os 141 pacientes humanos atendidos no Hospital de Urgência de Sergipe com os sintomas da doença. Os demais casos foram descartados. Mas, entre os 44 pacientes diagnosticados com calazar, dez morreram em 2018, segundo estatística revelada pelo superintendente do hospital.

Os sintomas da doença são febre intermitente, quando o paciente apresenta o estado em alguns dias e o sintoma desaparece em outros, sangramentos, perda de peso, desnutrição, depressão e, nos casos mais complexos, o paciente pode avançar para um quadro de pneumonia.

Fonte: Portal Infonet