.

Na região Nordeste, apenas Sergipe e Alagoas não registraram assaltos a carros-fortes em 2018

De toda a região Nordeste, só Sergipe e Alagoas não registraram assaltos a carros-fortes em 2018. Os dados fazem parte de um levantamento feito pela Confederação Nacional dos Trabalhadores da Segurança Privada (Contrasp) e foram divulgados nesta terça-feira, 15, pelo jornal O Globo, em matéria intitulada “Assaltos a carros-fortes no Brasil batem recorde em 2018”.

De acordo com a Contrasp, embora a Região Nordeste seja considerada a mais visada pelos grupos criminosos, totalizando mais da metade dos registros desse tipo de ação criminosa no país (63 dos 116 assaltos a carros fortes), dois estados não registraram ocorrências durante todo o ano passado: Sergipe e Alagoas.

Segundo o delegado Dernival Eloi, diretor do Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope), o resultado está diretamente ligado ao rápido trabalho de investigação. "Assim que há a informação da nossa Divisão de Inteligência (Dipol), nossas equipes agem rapidamente para localizar suspeitos de envolvimento nesses crimes”, ressaltou o delegado.

Assaltos no Brasil

O levantamento feito pela Contrasp apontou que em 2015 foram 71 ocorrências. No ano seguinte, esse número caiu para 65. No entanto, em 2017, a quantidade de casos saltou para 109; subindo para 116, no ano passado. Em 2018, segundo a Confederação, foi registrado um assalto a cada três dias, no país.

Fonte: SSP/SE