.

Agente penitenciário mata namorada, viaja com corpo e comete suicídio

Um agente penitenciário matou a namorada de 30 anos e em seguida cometeu suicídio em Itapetininga (SP), na noite do último sábado (23). Ao G1 Itapetinga e Região, a Polícia Militar informou que  Francisco Moacir Nunes Junior, de 37 anos, chegou a ir até a casa da família para se despedir e pedir desculpas antes de se matar. Francisco morava com a namorada  Iara Coelho da Silva há um ano e meio. No dia 23 de fevereiro, Francisco parou o carro em frente a casa da família, em Itapetininga. A irmã informou que ele estava nervoso, contou que brigou com a namorada, e que a arma havia disparado acidentalmente e atingido Iara. 

Em seguida, agente penitenciário disse que amava todos e pediu perdão aos familiares. Vendo que ele estava nervoso, a mãe não o deixou sair pelo portão, mas ele pulou o muro. Após Francisco, pular o muro, a família  a família ouviu um barulho de tiro.  A irmã dele foi até a frente da casa e encontrou o agente penitenciário já caído e machucado e o corpo da namorada estava no carro, com quem ele morava na cidade de Mairinque, em São Paulo. 

Ainda segundo o G1, o Corpo de Bombeiros foi acionado até o local, mas quando a equipe chegou, Francisco já estava morto. O caso foi registrado na como homicídio simples e suicídio.