.

Brigadistas de três estados são convocados para ajudar a conter incêndio na Serra de Itabaiana

Brigadistas de três estados chegaram nesta última segunda-feira (25) para ajudar na tentativa de conter o incêndio na área da Serra de Itabaiana. O incêndio começou na manhã do sábado (23) e já dura mais de 60 horas.

Ao todo, 15 brigadistas dos estados da Bahia, Alagoas e Pernambuco foram convocados pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBIO) de Itabaiana. E mais profissionais podem ser convocados se o fogo continuar a se espalhar.

Segundo Marleno Costa, chefe da unidade do ICMBIO, 1500 hectares já foram consumidos pelo fogo. Além disso, animais como cobras e tatus já morreram.

“Debelamos uma parte do fogo, mas devido ao calor forte e ao vento está muito difícil conter as chamas. A expectativa agora é ver o que acontece pela noite e caso a situação não melhore devemos convocar mais dez brigadistas”, disse Marleno Costa.

As causas do incêndio ainda são desconhecidas, mas existe uma suspeita que tenha começado em uma roça. Esse mesmo trecho da serra já sofreu outro incêndio há cerca de 15 anos.

No domingo (24) foi solicitado o apoio do Corpo de Bombeiros, que esteve no local e também ajudou no combate. O helicóptero do Grupamento Tático Aéreo (GTA) foi utilizado para auxiliar os trabalhos nesta segunda-feira.

Área de Proteção

O Parque Nacional da Serra de Itabaiana possui uma área de 8.024,79 hectares de mata atlântica e a criação ocorreu da área de proteção ocorreu em 15 de julho de 2005. No local, existem espécies ameaçadas e protegida como o Lagartinho-de-abaeté (Cnemidophorus abaetensis).

Fonte: G1/SE