.

Decisão do TSE mantém afastamento da prefeita e do vice de Riachão do Dantas

Uma decisão do Ministro Tarcisio Vieira de Carvalho Neto do Tribunal Superior de Eleitoral (TSE) , no último dia 22, negou o recurso da defesa da prefeita Gerana Costa, de Riachão do Dantas, que juntamente com o seu vice Luciano Gois Paul estão afastados dos cargos desde agosto de 2018. A informação foi confirmada pela assessoria de comunicação do Tribunal Regional Eleitoral de Sergipe (TRE-SE).

A pós a decisão do TSE o processo será encaminhado ao Tribunal de Sergipe para uma nova avaliação e a decisão se mantendo poderá haver novas eleições no município, o que já havia sido sinalizado pela procuradora Regional Eleitoral, Eunice Dantas.

Entenda o caso

Em 9 de julho, o TRE/SE os condenou por abuso de poder econômico, nas modalidade: abuso dos meios de comunicação e fraude ao processo eleitoral, referente ao pleito de 2016.

Segundo o Ministério Público Eleitoral, durante a campanha, a então candidata divulgou, em jornal de grande circulação, pesquisa fraudulenta que atribuía a ela um percentual de votos bem acima da realidade. A Justiça Eleitoral havia proibido a divulgação, mas a candidata não obedeceu a decisão judicial.

Para o MP Eleitoral, a divulgação serviu para induzir o voto dos eleitores indecisos e, dessa forma, a candidata Gerana Costa ganhou as eleições com cerca de 2% de votos a mais que a segunda candidata mais votada.

Fonte: G1/SE