.

José de Abreu se proclama presidente do Brasil e diz que se inspira em Guaidó na Venezuela

José de Abreu, também conhecido como Zé de Abreu, publicou uma série de tuítes em que critica o autoproclamado presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, afirmando que é o novo "presidente do Brasil".

O ator alterou o nome de seu perfil para "José de Abreu, autoproclamado Presidente do Brasil", e sua descrição para "O Brasil ao lado de todos, nem acima, nem abaixo. Nossa bandeira jamais será laranja".

"Acabei de me proclamar presidente do Brasil. Quem me apoia? Estou na Grécia e assumo dia 8 de março, no Galeão. A partir de hoje eu sou o autodeclarado presidente do Brasil. Igual fizeram na Venezuela. Lula está nomeado chefe da Casa Civil, Militar e Religiosa", afirmou nesta terça-feira, 26.

Entre suas 'ações', José de Abreu afirma que pretende "indultar Lula", que ganharia também o cargo de ministro da Cultura: "o brasileiro com mais títulos de doutor na história".

Para o seu 'ministério', Zé de Abreu elencou nomes como Maria do Rosário, Fernando Haddad, Eduardo Suplicy, Jean Wyllys e Dilma Rousseff. O ator ainda chamou o juiz Sérgio Moro de "traidor da pátria" e Juan Guaidó de "Anti Venezuela".

Zé também afirmou que gostaria de proibir a "obrigatoriedade do hino em todo território nacional" e que, em seu suposto governo, os bancos "terão que pagar impostos correspondentes a 99% de seu lucro".

Fonte: Terra.com