.

Pelo menos 30 PMs já disseram que entrarão na justiça contra o advogado de Lagarto

Continua repercutindo a divulgação que teria sido feita por um advogado de Lagarto, onde agride verbalmente os policiais militares, chamando-os de vagabundo e o caso vai parar na justiça.

As informações são de que já há pelo menos 30 militares que já teriam assinado procuração dando poderes à assessoria jurídica da Amese, para ingressar na justiça, cobrando danos morais.

Na tarde desta terça-feira (27), a Associação dos Militares do Estado de Sergipe (AMESE) emitiu uma nota informando aos seus associados, ativos e inativos, que se sentiram ofendidos e prejudicados com os comentários ofensivos feitos em rede social pelo Advogado Edimar Cruz Menezes, OAB/SE 5.827, que a associação está disponibilizando a assessoria jurídica para as medidas cabíveis.

Esclarecemos que não há necessidade de registrar Boletim de Ocorrência em delegacia, uma vez que os fatos já foram amplamente vinculados e com identificação da autoria.

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA O AJUIZAMENTO DA AÇÃO:

CARTEIRA FUNCIONAL (xerox);
COMPROVANTE DE RESIDÊNCIA ATUAL (xerox).
ATENDIMENTO TERÇA E QUARTA A PARTIR DAS 14 HORAS

DIRETORIA

Endereço à rua Boquim, 159, 1 andar, centro, Aracaju -SE
Telefone: 3211-8547

Fonte: Fax Aju 
Foto: Ilustrativa