.

“Dentre as minhas prioridades não está observar o que Valadares Filho diz”, afirma Belivaldo

O governador Belivaldo Chagas esteve presente na sexta-feira, 26, na convenção do MDB que definiu o deputado federal Fábio Reis como presidente da legenda em Sergipe. Provocado por Magna Santana sobre as recentes declarações de Valadares Filho, Belivaldo foi enfático e não prolongou o assunto.

“Estou convencido de uma coisa, tem muita coisa que eu gostaria de fazer e não conseguirei fazer. E dentre as minhas prioridades não está observar o que Valadares Filho diz ou deixa de dizer, é um direito dele, não tenho que ficar comentando sobre o que pensa quem perdeu a eleição”, disse Belivaldo.

Belivaldo afirmou que fez questão de prestigiar o evento porque o MDB é uma casa de amigos, onde todo projeto que o consagrou reeleito começou. Sobre 2020 ele disse que não se posicionará. “Meu apito está surdo, sem aquela cordinha”,

Folha de Pagamento – O governador afirmou que a auditoria da folha de pagamento a pedido do governo e feita pelo Tribunal de Contas, irá avançar. “Temos algo em torno de 12 mil servidores com mais de um vínculo, vamos notificar a todos comprovar a legalidade”, afirmou.

Auditoria HUSE – Belivaldo afirmou que a auditoria está sendo realizada e que os primeiros resultados serão apresentados em relatórios numa reunião nessa quarta-feira, 1 de maio, com Henrique Prata em São Paulo. “É o primeiro momento de discussão e análises”, assegurou.

Fonte: FAN F1