.

Eduardo de Dr Milton quer aliança com Toinho de Dorinha pra derrubar Iggor em Poço Verde

O advogado Milton Eduardo Santos de Santana, o Eduardo de Dr Milton, ex-candidato que ficou em segundo lugar na sucessão municipal de Poço Verde em 2016, diz que o prefeito Iggor Oliveira, PSC, “faz uma péssima gestão” e defende uma unidade político-eleitoral entre seu grupo e o do ex-prefeito Toinho de Dorinha, PSB, para derrotar o atual gestor.

Por enquanto, o projeto de Toinho de Dorinha é o de apresentar a esposa Edna Dória candidata a prefeita. “O Iggor Oliveira faz uma gestão péssima. Ele criou muita expectativa e fez pior do que Tiago Dória, que começou a ter uma avaliação ruim no último ano de mandato. O Iggor começou ruim no segundo e entra agora no terceiro ano de gestão em completo descontrole e descompasso”, diz Milton Eduardo.

“Primeiro, ele criou problemas com os servidores da Educação, quando tanto criticava Tiago. Segundo, não consegue pagar em dia os seus próprios servidores, os da administração em geral. E não tem qualquer tipo de obrar estruturante na cidade. Todo a expectativa que ele criou no município acerca da parceria com o então deputado André Moura ninguém sabe em que tipo de recurso se fundamentou”, critica Eduardo.

Diante de tudo isso, Eduardo de Dr Milton acha que os horizontes de uma eventual reeleição de Iggor Oliveira estão embaçados e sem futuro. “De modo que eu acho que em 2020 a eleição de Poço Verde passa por uma modificação da seguinte forma: setores do atual grupo de Iggor, de Everaldo Oliveira, o pai dele, já mostram um certo tipo de descontentamento. Pessoas que deram sustentação à pré-campanha e à própria campanha de Iggor, e que eram ligadas ao nosso grupo, estão totalmente desiludidas. Creio que pode haver uma migração dessas pessoas ao grupo anterior”, diz ele.

E aqui Eduardo aponta a possibilidade de convergência entre ele Toinho. “Tudo se encaminha para não haver divergências em 2020 entre Toinho de Dorinha e Eduardo de Dr Milton. Eu não vou divergir dele. E creio, e sinto essa cumplicidade, que Toinho não irá divergir de mim. Com certeza, essa unidade entre nós dois amplia a possibilidade de vitória. Eu sinto isso no dia a dia do próprio povo”, diz Eduardo.

Com o senhor candidato a prefeito ou Edna de Dorinha? “Quem vai decidir é o nosso grupo. Não obstante, coloco meu nome à disposição. Se o grupo, claro que com o apoio de Toinho, decidir pelo nome de Eduardo, vamos de Eduardo. Se decidir pelo nome de Edna, vamos de Edna. Não existe oposição de Eduardo para Toinho. Eu reconheço o trabalho social que Toinho faz diariamente e que nunca parou”, diz Milton Eduardo Santana.

Eduardo ainda está filiado ao PP. Mas admite buscar outra sigla no futuro próximo. “Estou aguardando ouvir o governador sobre a questão partidária. Pode ser o PSD ou MDB, a depender do amigo Sérgio Reis. Está dependendo dessa conversa em nível de cima para poder me situar. Creio que agora no primeiro semestre de 2019 já concluiremos isso”, pontua Eduardo.

Fonte: Coluna A Parte / JL Política