.

Operação Tiradentes terá 24 horas de ações ostensivas em todo Estado

Teve inicio na manhã desta quarta-feira, 24, a terceira edição da Operação Tiradentes, a maior operação de segurança pública do país. De acordo com a Polícia Militar do Estado de Sergipe (PM/SE), mil policiais estarão envolvidos na ação, inclusive os que desempenham funções administrativas. Serão utilizadas 387 viaturas e o helicóptero da Grupamento Tático Aéreo (GTA) nas ações realizadas na capital e no interior sergipano.

Em Aracaju os policiais se concentraram no calçadão da Praia Formosa e na Ponte Construtor João Alves que liga a capital ao município de Barra dos Coqueiros. As atividades tiveram inicio  às 7h  e prosseguem simultaneamente em âmbito nacional durante 24 horas. O objetivo é intensificar as ações de segurança e proteção da sociedade, com a participação das polícias e corpos de bombeiros militares de todo o Brasil.

“Estaremos com pontos de blitz espalhados em todo o estado fazendo abordagens através de um policiamento ostensivo. Nosso objetivo é oprimir e reduzir a criminalidade em Sergipe”, explica Major Fábio Machado, relações públicas da PM/SE.

Além da promoção da segurança e tranquilidade pública, a Operação Tiradentes objetiva mostrar à população o impacto de 24 horas do trabalho das corporações militares responsáveis pela segurança no país.

De acordo com a PM/SE, em 2018, a segunda edição da Operação Tiradentes alcançou números relevantes e foi considerada a maior operação policial realizada no mundo pela FIEP, associação que engloba as polícias militares (gendarmeries) da Europa e do Mediterrâneo, com matéria publicada em seu site oficial.

Fonte: Portal Infonet / informações da PM/SE