.

“Quem fizer política de isolamento, termina isolado”, diz Jackson Barreto

O ex-governador Jackson Barreto concedeu entrevista ao Jornal da Fan durante a realização da Convenção Estadual do MDB-Sergipe, realizada na sexta-feira, 26. Questionado por Magna Santana quanto à possibilidade de candidatura do PT à Prefeitura de Aracaju, Jackson mandou um recado.

“Quero mandar um recado pra todos. Sozinho ninguém terá condição de conduzir um projeto político nem na capital e nem no estado. Quem fizer política de isolamento termina isolado, quem fizer política de alianças, tem aliança hoje e tem aliança amanhã, o recado está dado”, afirmou o ex-governador.

Jackson defendeu a permanência da aliança com Edvaldo Nogueira (PCdoB). “Ele está fazendo uma boa administração, é difícil encontrar um prefeito de capital que esteja trabalhando como Edvaldo. Faz um governo ético, ninguém tem o que dizer de sua gestão. Só não reconhece quem não quer”, analisou.

Sobre as mudanças no MDB, Jackson defendeu que a chegada de Fábio Reis ao comando é um processo natural. “Essa mudança está acontecendo no plano nacional, está a cargo da bancada federal a condução do partido, não tem porque aqui ser diferente”, disse.

Sobre a crise com o deputado estadual Garibalde Mendonça, que deixa o comando do MDB em Aracaju, Jackson amenizou os fatos garantindo que tudo foi dialogado e que pelo estatuto o deputado não mais poderia ser reconduzido à presidência por já ter exercido dois mandatos.

Fonte: FAN F1