.

Em cinco meses: 90 crianças e adolescentes de Sergipe foram vítimas de abuso sexual

Entre janeiro e maio deste ano, 90 crianças e adolescentes foram vítimas de abuso sexual no estado de Sergipe. O número é da Secretaria de Estado da Saúde (SES) e se refere apenas aos casos registrados na Maternidade Nossa Senhora de Lourdes, unidade de referência na rede pública de saúde para atendimento a esse público.

Segundo a psicóloga do Atendimento às Vítimas de Violência Sexual da MNSL, Camila Souza,a violência recebida pela criança de hoje, pode se tornar um círculo vicioso e ela vir a agredir terceiros amanhã.

A psicóloga lembra que há casos em que a criança chega a relatar para alguém, mas geralmente não o faz. Ela disse que existe um sentimento de medo muito grande, e isso quase sempre acontece devido às ameaças do agressor “A criança quando está sendo abusada sexualmente muda o comportamento, muitas vezes não consegue mais dormir sozinha, passa a usar fraldas, fica agressiva, desconcentrada, sem apetite, começa a ter pesadelos, entre outros aspectos. É muito importante que os pais observem seus filhos e mantenham um vínculo bom com eles”, contextualiza.

A MNSL funciona 24h de domingo a domingo e conta com uma equipe multidisciplinar composta por psicólogos, enfermeiros, psiquiatras, assistentes sociais, médicos e técnicos de enfermagem para realizar o atendimento com qualidade. A Nossa Senhora de Lourdes fica localizada na Avenida Tancredo Neves, nº 5.700. O telefone para contato é (79) 3222-8650.

Fonte: FAN F1