.

De virada, Confiança vence ABC em Natal e se consolida como vice-líder

O Confiança provou nesta sexta-feira porque está no G-4 do Grupo A da Série C do Campeonato Brasileiro e, com uma grande atuação do goleiro Genivaldo, bateu o ABC por 2 a 1 em Natal. Nem os mais de 10 mil torcedores alvinegros presentes no Frasqueirão intimidaram o time sergipano, que conseguiu a virada com um gol contra de Tito e um golaço de Everton, este no segundo tempo. A equipe de Daniel Paulista emenda uma sequência invicta e se consolida como vice-líder da chave, agora com 21 pontos. O resultado negativo leva o ABC de volta para a lanterna, com nove pontos.

O próximo compromisso do ABC é contra o Botafogo-PB, no dia 20 (sábado), no Almeidão, em João Pessoa. O Confiança jogará em casa, no Batistão, contra o Imperatriz, no dia 21 (domingo).

A vitória sobre o Confiança fazia parte dos planos do ABC para sair da zona de rebaixamento já nesta 12ª rodada - teria também que contar com um tropeço do Globo FC. Desde a chegada do técnico Roberto Fernandes, a meta estabelecida era, pelo menos, ganhar todos os jogos no Frasqueirão e "beliscar" uma vitória fora de casa. Agora, com este revés, as contas mudam, já que o Alvinegro só terá mais dois jogos em Natal - contra Sampaio Corrêa e Santa Cruz. Vai precisar vencer longe de casa se quiser permanecer na Série C.

Primeiro tempo

O ABC começou pressionando e arriscando. Dione e Anderson Rosa testaram o goleiro Genivaldo em bons chutes de fora da área. O Alvinegro tratou de abrir o placar aos seis minutos, com Jefinho, de cabeça, após escanteio cobrado por Anderson Rosa. Os donos da casa continuaram em ritmo acelerado, e o Confiança, acuado. Aos 21, Jefinho foi lançado livre, passou pelo goleiro Genivaldo e bateu na rede pelo lado de fora. Aí valeu aquela velha máxima de "quem não faz, leva". Pouco depois, Altemar cobrou escanteio e Tito desviou contra as próprias redes. O Confiança, então, passou a ser melhor e Ítalo teve chance de ampliar e parou no goleiro Edson.

Segundo tempo

O ABC voltou com o atacante Wallyson para o segundo tempo, mas foi Jefinho que teve a melhor chance. Logo aos cinco minutos, ele passou pela marcação na entrada da área e chutou rasteiro para a grande defesa de Genivaldo. Começava a brilhar - ainda mais - o camisa 1 do Confiança. Empurrado pela torcida, o Alvinegro tentava pressionar, mas errava muito. Errou também na defesa e deixou Everton livre para chutar de fora da área, fazendo um golaço, aos 27 minutos. O ABC se lançou ao ataque, no desespero, e Anderson Rosa também parou em Genivaldo. Na sobra, Moisés ainda foi travado por Vinicius Simon. Dione também chutou com perigo e Genivaldo, o nome do jogo, evitou o empate alvinegro.

Fonte: Globo Esporte / SE