.

Casal é preso por aceitar bebê como pagamento de dívida no tráfico de drogas

Um casal foi preso nesta terça-feira (27) por ter registrado o bebê de 6 meses, filho de uma adolescente de 15 anos, no município de Belém (PB), a 109 quilômetros de João Pessoa. As investigações da Polícia Civil da Paraíba indicam que Edna Maria Borges de Lima, de 29 anos, e seu companheiro, José Humberto Pedro dos Santos, de 18 anos, teriam aceitado a criança, em julho, como pagamento de uma dívida que a mãe tinha no tráfico de drogas.

Aos policiais, Edna e José Humberto negaram a autoria dos fatos. Segundo o delegado Hugo Lucena, da 8ª Delegacia Seccional de Polícia Civil em Guarabira, eles seguirão para audiência de custódia, devendo responder pelos crimes de constrangimento ilegal, falsidade ideológica, associação criminosa, entre outros possíveis delitos. A prisão ocorreu em ação conjunta com a Polícia Militar na região do Brejo (4º BPM).

"Além deles estão sendo investigados os irmãos Leandro e Leonardo Borges da Silva, detentos em Guarabira, e uma jovem conhecida como Rosinha, que se encontra foragida”, afirmou o delegado em um comunicado.

Inicialmente, o bebê foi registrado em fevereiro sem o nome do pai, mas em julho outro registro foi feito, com o nome de José Humberto. Após a prisão do casal, a criança foi entregue ao conselho tutelar da cidade de Belém e passará por exame de DNA.

"Segundo a apuração dos nossos agentes de investigação, a adolescente teria dívidas de droga junto aos irmãos de Edna, os presidiários Leandro e Leonardo, os quais, com a intermediação de Rosinha, concordaram na quitação do débito mediante a entrega da criança a Edna", acrescentou Lucena.

Fonte: O Globo