.

Produtores de coco de Sergipe enfrentam preços baixos e frutas se acumulam nos pés

Os produtores de coco de Sergipe estão enfrentando preços baixos nesta época do ano. No mesmo período de 2018, a unidade da fruta era vendida por R$ 0,70 e hoje o preço está girando em torno de R$ 0,50.

O estado é o segundo maior produtor do país, com 260 milhões de frutos por ano, ficando atrás apenas da Bahia.

Na fazenda onde o gerente Cláudio Dionísio trabalha, a produção gira em torno de 1,5 milhão de cocos por mês, espalhados por 1.200 hectares. Geralmente, a produção é vendida com facilidade, mas isto não ocorreu neste ano e muitas frutas ficaram nos pés. Os produtores esperam que em setembro, com a mudança da estação, a situação mude.

Fonte: G1/SE