.

Confiança vence Ypiranga-RS e fica a um empate do acesso a Série B

O Confiança está a um empate de subir para a Série B. Neste sábado, 31, pelo jogo de ida das quartas de final da Série C, o Dragão venceu o Ypiranga-RS por 1 a 0 no Batistão e saiu na frente na briga por uma vaga nas semifinais do campeonato – o que já o colocaria entre os quatro times que subirão de divisão. Tito marcou o único gol do jogo ainda no primeiro tempo.

A partida de volta será no próximo sábado, 7, no estádio Colosso da Lagoa, em Erechim-RS. Um empate já coloca o Confiança na Série B de 2020 e na semifinal da Série C. Já o Ypiranga terá de vencer por dois gols de diferença para se classificar. Se o time gaúcho vencer por um gol de diferença, por sua vez, a decisão será nos pênaltis.

O jogo

As propostas de ambos os times ficaram claras logo nos primeiros minutos: o Confiança iria pra cima, e o Ypiranga esperaria o adversário para engatilhar contra-ataques. Mas chance clara de gol, só aos 17 minutos, quando após cruzamento de Everton, Tito subiu sozinho de cabeça e mandou a bola por cima do ângulo direito.

O Confiança dominava os lados do campo, mas a insistência em cruzamentos deixou o Ypiranga confortável: todas as bolas eram facilmente rechaçadas pela alta zaga do canarinho. Até que, aos 24, a solução veio por baixo. Após boa jogada de Ítalo pelo lado esquerdo, a bola chegou em Tito, que ajeitou e chutou a bola a meia altura para balançar as redes: Confiança 1 a 0.

O gol não mudou a postura do Ypiranga, que continuou atrás. Aos 38, Luan quase ampliou em escanteio, mas o cabeceio mandou a bola por cima. No lance seguinte, o Ypiranga respondeu pela primeira vez com cabeçada de Flavio Paulino – que também foi por cima.

Na segunda etapa, o time visitante entrou mais disposto ao empate: com a marcação alta, o canarinho apertou a saída de bola do time azulino. Mas isso não impediu que o Confiança continuasse efetivo. Aos 12, Tito chegou a balançar as redes novamente após desviar de cabeça na entrada da área, mas o bandeirinha assinalou impedimento. Aos poucos, o Ypiranga foi caindo na marcação do Confiança e dando espaços que o Dragão soube aproveitar. Aos 29, em contra-ataque, Ari Moura mandou de fora da área, mas pra fora.

Aos 30, o Confiança passou o maior susto dos 90 minutos: após falha da zaga, Jackson ficou cara a cara com Genivaldo, mas pegou mal na bola e mandou um chute estranho à direita do gol. Recobrado, o anfitrião foi para cima – e em duas oportunidades claras quase ampliou o marcador. Aos 39, Ari Moura se livrou da marcação pela direita, mirou no gol, bateu colocado, mas o goleiro Deivity saltou, espalmou e evitou o gol. Três minutos depois, em lance ainda mais claro, Michel cruzou na medida para Renan Gorne e o atacante cabeceou com força, mas ao goleiro Deivity, mais uma vez, salvou a pátria gaúcha. E apesar da sensação de que poderia ter saído com um placar melhor, o Confiança conseguiu sair com vantagem importante para a próxima partida.

FICHA TÉCNICA 

Confiança 1 x 0 Ypiranga-RS
Gol: Tito [24’ 1t]

CONFIANÇA

Genivaldo, Thiago Ennes, Vinicius Simon (Vinícius), Luan, Amaral, Michel, Everton, Flávio (Rafael Villa), Tito (Renan Gorne), Ítalo, Ari Moura

YPIRANGA

Deivity, Saimon, Douglas, Renato, Fabio, Roger (Vagner), Faísca, Reinaldo, Flávio Paulino (Jackson), Ávila, Marco Antônio (João Vitor)

Cartões amarelos: Everton, ítalo, Saimon, Ávila

Fonte: Portal Infonet