.

Bolsonaro afirma que vazamento de óleo foi criminoso e que "pior está por vir"

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que o vazamento de óleo que atinge o litoral do Nordeste foi criminoso e que manchas devem continuar chegando às praias porque "o pior está por vir". A declaração foi dada, na noite deste domingo (4), em entrevista à Rede Record.

"O que chegou às praias é uma pequena parte do que foi derramado. O pior está por vir, uma catástrofe muito maior que, ao que tudo parece, foi criminosa, afirmou Bolsonaro.