.

Homem é suspeito de matar ex-mulher e filha de sete meses por não querer assumir paternidade

Um homem é suspeito de matar a ex-mulher dele, Luana dos Anjos Sampaio, de 22 anos, e a filha do casal, de sete meses, em Fortaleza, no Ceará. Em depoimento à polícia, Robert da Silva Pereira, de 25 anos, confessou e afirmou que cometeu o crime por não querer assumir a paternidade da menina.

Após assassinar filha e ex mulher, o suspeito foi até a delegacia a procura de informações sobre a criança. Informado pela delegada do caso que o corpo da menina tinha sido encontrado dentro de um saco, Robert  confessou o crime. Câmeras de segurança captaram o momento em que ele deixava o corpo da filha no local. O cadáver de Luana foi encontrado a um quilômetro de distância dentro de uma caçamba.

Fonte: Varela Noticias