.

Mais de 57 mil 'gatos' de energia foram desativados na Bahia até setembro deste ano

Até o mês de setembro, a Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba) identificou irregularidades em mais de 57 mil unidades consumidoras, nas mais de 162 mil inspeções realizadas pela concessionária em todo o estado. De acordo com a Companhia, a energia recuperada nesse período é suficiente para abastecer 2,5 milhões de residências por um mês ou o município de Camaçari durante seis meses.

Ainda conforme a Coelba, apenas na capital baiana e Região Metropolitana, foram realizadas mais de 34 mil inspeções, com mais de 16 mil casos de irregularidades verificados. Esse quantitativo representa energia suficiente para abastecer o munícipio de Simões Filho por dois meses ou 500 mil residências por um mês.

A concessionária reforça que a ligação clandestina, popularmente conhecida como "gato", é crime previsto no artigo 155 do Código Penal Brasileiro, com pena prevista de oito anos de prisão.  

A Coelba ressalta que denúncias podem ser feitas de forma anônima, através do telefone 116 (ligação gratuita) ou dos outros canais de atendimento da distribuidora.